terça-feira, 14 de novembro de 2017

Copa do Brasil 2015


A competição contou com 87 participantes. A disputa ocorre em confrontos eliminatórios (mata-mata) em jogos de ida e volta, classificando segundo os critérios em ordem: aquele que obtiver mais pontos no confronto, melhor saldo de gols, mais gols marcados fora de casa, pênaltis. Desde 1996, foi estabelecido que, nas duas primeiras fases, se o time visitante vencesse por diferença maior ou igual a dois gols no jogo de ida, estaria classificado para a fase seguinte. A partir deste ano (2015), foi estipulado que na final a regra de número de gols marcados como visitante deixa de ser critério de desempate. O campeão classifica-se para a fase de grupos da Taça Libertadores da América. Classificação para a Copa Sulamericana: Com inclusão do campeão da Copa Verde e da Copa do Nordeste na Copa Sul-Americana de 2015, a classificação para o torneio continental se dará novamente como nas edições passadas, só que com seis equipes eliminadas até a terceira fase. Caso as equipes da Série A (não classificadas as oitavas de finais) não sejam suficientes para completar as seis vagas, os quatro melhores da Série B completarão as vagas. Se ainda assim não for suficiente, serão convidados os clubes rebaixados na Série A.


1ª Fase



02/04
Remo 1x1 Atlético-PR

Pagantes: 8.112
Renda: R$ 138.969,00


15/04
Atlético-PR 1x1 Remo
Pênaltis: 5x4

Copa do Brasil 2016




A competição contou com 86 participantes. A disputa ocorre em confrontos eliminatórios (mata-mata) em jogos de ida e volta, classificando segundo os critérios em ordem: aquele que obtiver mais pontos no confronto, melhor saldo de gols, mais gols marcados fora de casa, pênaltis. Desde 1996, foi estabelecido que, nas duas primeiras fases, se o time visitante vencesse por diferença maior ou igual a dois gols no jogo de ida, estaria classificado para a fase seguinte. Desde 2015, foi estipulado que na final a regra de número de gols marcados como visitante deixa de ser critério de desempate. O campeão classifica-se para a fase de grupos da Taça Libertadores da América. Classificação para a Copa Sulamericana: Com inclusão do campeão da Copa Verde e da Copa do Nordeste na Copa Sul-Americana de 2016, a classificação para o torneio continental se dará novamente como nas edições passadas, só que com seis equipes eliminadas até a terceira fase. Caso as equipes da Série A (não classificadas as oitavas de finais) não sejam suficientes para completar as seis vagas, os quatro melhores da Série B completarão as vagas. Se ainda assim não for suficiente, serão convidados os clubes rebaixados na Série A.


1ª Fase



13/04
Remo 0x1 Vasco

Pagantes: 12.568
Renda: R$ 330.159,00



27/04
Vasco 2x1 Remo
Gol: Max

Copa do Brasil 2017

A competição contou com 91 participantes. Foram oito fases: cinco no primeiro semestre e três no segundo. As duas primeiras fases foram em jogos únicos, utilizando-se quatro datas, duas por fase. Os 8 times brasileiros que disputam a Copa Libertadores da América de 2017 entraram nas oitavas de final (que a partir deste ano foi a quinta fase), assim como os campeões da Série B, da Copa do Nordeste e da Copa Verde de 2016. Além disso, a classificação para a Copa Sul-Americana volta a ser definida através do Campeonato Brasileiro, do 7° ao 12° colocado, e não mais com as seis equipes mais bem posicionadas no torneio e eliminadas até a terceira fase da Copa do Brasil. Assim, a partir desta edição, os times que disputam a Copa Sul-Americana puderam disputar a Copa do Brasil.


1ª Fase



16/02
Brusque-SC 2x1 Remo
Gol: Zé Antônio


O Remo jogava com a vantagem do empate em partida única, mas foi eliminado.

Remo x Atlético-MG - Histórico de Confrontos



Jogos Oficiais: 13
Vitórias do Remo: 02
Vitórias do Atlético: 07
Empates: 04
Gols do Remo: 16
Gols do Atlético: 32


16/09/2006 - Remo 2x1 Atlético-MG - Série B
13/05/2006 - Atlético-MG 3x1 Remo - Série B
19/03/1997 - Atlético-MG 3x2 Remo - Copa do Brasil
13/03/1997 - Remo 3x3 Atlético-MG - Copa do Brasil
06/11/1994 - Remo 0x6 Atlético-MG - Série A
27/10/1994 - Atlético-MG 2x1 Remo - Série A
17/05/1994 - Atlético-MG 2x0 Remo - Copa do Brasil
12/04/1994 - Remo 2x1 Atlético-MG - Copa do Brasil
18/10/1979 - Remo 2x2 Atlético-MG - Série A
16/10/1977 - Atlético-MG 4x1 Remo - Série A
27/10/1976 - Remo 1x1 Atlético-MG - Série A
07/10/1973 - Atlético-MG 3x0 Remo - Série A
25/11/1972 - Remo 1x1 Atlético-MG - Série A

Amistosos


07/12/1975 - Atlético-MG 3x0 Remo - Torneio Roberto Santos / Salvador-BA
12/06/1955 - Remo 1x2 Atlético-MG - Amistoso
21/01/1953 - Remo 2x2 Atlético-MG - Amistoso
18/01/1953 - Remo 0x2 Atlético-MG - Amistoso

Total de Confrontos: 17

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Camisa 2009


CHAMPS



Eduardo Ramos


Eduardo Ramos Martins, desembarcou de helicóptero no Leão em dezembro de 2013, com a missão de levar adiante o projeto da Camisa 33 (notícia). Principal reforço para a temporada de 2014, o meia chegou sob desconfiança do Fenômeno Azul, principalmente devido ao rebaixamento à Série C do rival em 2013, já que Eduardo Ramos protagonizou um dos principais casos de "travessia" do futebol paraense.

Foi o principal jogador na campanha do Acesso à Série C em 2015, obsessão do Remo desde 2009, deixando seu nome marcado no clube. Eduardo Ramos foi bicampeão paraense pelo Leão em 2014 e 2015. Em 110 jogos com a camisa azulina, Eduardo disputou várias competições: Parazão 2014, 2015, 2016 e 2017; Copa do Brasil 2014, 2015 e 2016; Copa Verde 2014, 2015, 2016 e 2017; Série D 2015, Série C 2016 e 2017. (notícia)

Gols de Eduardo Ramos pelo Clube do Remo:

Paraense                           14 gols     (4 em 2014; 4 em 2015; 4 em 2016; 2 em 2017)
Copa Verde                        3 gols     (1 em 2015; 2 em 2016) 
Campeonato Brasileiro      9 gols     (5 em 2015; 2 em 2016; 2 em 2017)

Total: 26 gols.

Eduardo Ramos é um meia-atacante de qualidade, organizador de jogadas e finalizador;
 conhecido por suas arrancadas e gols da intermediária.

Golaço de Eduardo Ramos na Semifinal do 2º Turno do Paraense 2015


Golaço de Eduardo Ramos nas oitavas-de-final da Série D 2015


Gol de Eduardo Ramos no Jogo do Acesso em 2015